Dicas para a primeira trilha #MountainBike

09 / 08 / 2021 Ler notícia

Andar em trilhas de mountain bike não é fácil e nem é brincadeira, pois envolve planejamento, conhecimento e uma boa dose de curiosidade – para não dizer coragem – para interagir com os elementos da natureza pilotando a bicicleta.

trilha

Mas antes de dar dicas para a sua primeira trilha de mountain bike, entenda o que é uma trilha: segundo o dicionário, uma trilha é um caminho rudimentar, estreito, tortuoso, entre vegetação.

Ou seja, quando saímos para fazer trilhas, andamos também em estradas, estradinhas e estradas mais fechadas até chegar em um caminho mais estreito, uma trilha.

Para facilitar a descrição dos percursos, os praticantes de mountain bike adotaram o termo “singletack” para definir uma trilha estreita, onde passa somente uma bicicleta.

E por que saber o significado de trilha é importante? Porque a comunicação assertiva é um fator primordial na prática de qualquer modalidade do ciclismo para evitar acidentes e manter a segurança do pedal. 

Aliás, a prática do mountain bike é recomendada ser feita sempre em parceria com pelo menos mais uma pessoa (daí a importância da comunicação). 

O motivo é simples: como o próprio nome já diz, é interagindo com a montanha, a natureza e seus elementos que essa disciplina do ciclismo acontece e nos apaixona.

 

Vamos às dicas! Separei em 4 fases sua experiência de mountain bike em trilhas👇 

Fase 1 – ANTES DE DECIDIR IR PRA TRILHA

Certificar-se de que possui total domínio das técnicas básicas para pedalar. São elas:

trilha

Fase 2 – O QUE LEVAR 

Para enfrentar uma trilha, além do domínio da técnica básica, você precisa estar com um equipamento adequado. São eles:

  • Capacete, luvas e óculos de lentes claras para conseguir enxergar na sombra de matas mais fechadas;
  • Usar uma mountain bike que esteja com a manutenção em dia, com freios funcionando perfeitamente, blocagens e parafusos devidamente apertados;
  • Pneus adequados para o terreno onde você vai andar, normalmente mais grossos e com cravos. Se a sua mountain bike for a mesma magrela que você usa para se locomover na cidade e estiver equipada com pneus tipo “slick” (lisos), recomendo visitar uma bicicletaria e trocá-los. Pneus lisos não proporcionam aderência necessária – principalmente para iniciantes – para rolar em segurança nas trilhas;
  • Kit reparo com câmara de ar, espátula, bomba de encher pneu e chave multiuso apropriada para mountain bike.

trilha

Fase 3 – PLANEJAMENTO

  • Com quem você vai? Essa pessoa conhece bem o percurso?
  • São quantos quilómetros? Qual é a previsão de tempo para completar o percurso? Usarão GPS? Possuem o mapa do local?
  • O celular pega em todos os trechos? 
  • Qual é o plano de resgate, se for necessário?
  • Você possui a roupa de ciclismo adequada para esse pedal? 
  • A alimentação é um ponto chave que pode estragar o pedal dos menos planejados, principalmente em trilhas que exigem total atenção e foco para não cometer erros. Haverá local para reabastecimento durante o percurso, ou precisarão estar auto-suficientes? Quanto deverá levar de água, isotônico e comida? 

Fase 4 – DURANTE O PEDAL

Trabalhe sua técnica básica para evoluir nas trilhas e aproveite a companhia dos mais experientes para aprender. E lembre-se do básico:

  • Olhar sempre para a frente e não para o chão. Ao detectar um perigo ou problema (ex: buraco, pedra, etc), mantenha o olhar para onde deve ir – se fixar ao problema fará ir em direção a ele;
  • Use sua visão periférica para detectar tudo o que tem ao redor e jamais usar fones de ouvido!
  • Atenção à sua postura nas descidas e subidas 
  • Educação na trilha: a prioridade é sempre de quem está subindo, se precisar parar, saia da trilha, ande sempre na mão certa das vias.
  • Confira este vídeo com dicas de pilotagem para iniciantes feito pelo Bike é Legal: https://www.youtube.com/watch?v=kpwLZzp5R-E 

 

Um bom mountain bike para você!

🚵🏻‍♀️🚵🏼

Deixe seu comentário

Leia também

Newsletter
Receba novidades por e-mail